O segredo sujo do capitalismo – e um novo caminho a seguir | Nick Hanauer

“A teoria neoliberal vendeu-se como lei natural e imutável, quando de fato são normas sociais e narrativas construídas com base em pseudociência”.

“A teoria neoliberal vendeu-se como lei natural e imutável, quando de fato são normas sociais e narrativas construídas com base em pseudociência”.

Essa palestra é para divulgar para todos seus amigos capitalistas sem capital, inebriados com crenças más.

Segundo o autor, os cinco caminhos para uma sociedade sustentável são:

1 – Economias de sucesso não são selvas, mas jardins. Os mercados devem ser cuidados, como a maior tecnologia social;

2 – A inclusão social gera crescimento econômico;

3 – Propósito da cooperação é melhorar o bem-estar de todos;

4 – A ganância não é boa; gera sociopatia e isso é ruim para os negócios e a sociedade

5 – Ao contrário das leis da física, as leis da economia são uma escolha. Se quisermos uma sociedade mais igualitária, próspera e sustentável, democracias e sociedade civil que realmente funcionem, devemos ter uma nova economia e o que temos de fazer é escolher tê-la.

Leonardo Attuch
Leonardo Attuch@AttuchLeonardo
Leia mais
Muito boa palestra, que desconstrói os mitos teóricos do neoliberalismo e propõe um modelo baseado na inclusão social. Ele quase diz que a solução é incluir os pobres no orçamento, como fez Lula. Nick Hanauer: O segredo sórdido do capitalismo (tem legenda)
5/5
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Se é Fake, não é News

Quando começou a medida de distanciamento social no Brasil por conta da pandemia do Covid-19, nós alertamos para o crescimento das Fake News.  Esse sistema

Home office: ecologia digital e a precarização do trabalho

Nesse novo normal que mais tarde ou menos tarde chegará, certo que o home office terá seu lugar. Muitas atividades resistentes à sua implantação foram obrigadas pela pandemia a se verem “incluídas” no mundo digital, com uma espantosa exigência por produtividade.

Conservação do Solo

Como biólogo tenho muita preocupação com a sustentabilidade do planeta, nesta foto aí estou trabalhando no plantio para recuperação da nascente do Rio Paraibuna, no município de Antônio Carlos.